Tuesday, April 21, 2009

Peregrinação a Fátima... Será que é desta?


No próximo dia 1 de Maio, os gaiacycles vão a Fátima...
Algo que já estava prometido à cerca de 3 anos e que por diversos motivos tem sido sempre adiado.
Pois parece que é desta. A malta até têm treinado, uns mais, outros menos, até está motivada, e a logistíca está montada.
Cerca de 230 km estão à nossa espera, assim como cerca de 10 horas a pedalar. Para um ciclista profissional até será fácil, mas para nós...
E qual será o verdadeiro motivo que fará cada um de nós aguentar esta aventura? Qual será o combustível que vai durar 10 horas?
Quer se seja católico ou não, Fátima é um local de peregrinações, de promessas e de agradecimentos.
Qualquer um de nós pode ir lá por qualquer destes motivos...


E eu? Porque quero ir lá?
Nunca fui muito religioso... provavelmente será pelo desafio.
Não tenho promessas a cumprir, mas tenho coisas a agradecer...

Aliás, o gaiacycles todo pode agradecer a boa recuperação do Jorge depois do acidente que teve, já vai para 2 anos. E continua a pedalar cheio de vontade.

Posso sempre pensar no meu grande amigo Sadi que está em fase de recuperação, e que precisa de todo o apoio e força que eu lhe poder dar... Força ai amigo! Não desistas...

Posso sempre pensar na aventura que o meu sogro se meteu à cerca de 35 anos, ou mais, que numa pasteleira, sozinho, se meteu à estrada e lá chegou, 10 horas depois.

Motivos não faltam, vamos a ver se as pernas tambem não!

Para esta aventura, vão estar presentes:

Jorge, líder espirítual do Gaiacycles e a sua montada, a mais que famosa bicicleta amarela Giant...


Filipe, renascido das cinzas, mesmo a tempo para embarcar nesta aventura, mais a sua montada Berg...


Pedro, ai se te atrasas, levas uma coça, mais a sua montada Maxlight...


Horácio, e sua montada Canondale...



Hélder, vamos a isso, mais a sua montada Trek...

E Eu mesmo, mais a minha Berg, completamente envergonhada pelos pneus 1.5 que lhe montei... Desculpa menina, mas breve, breve torno a meter os teus 2.00 do costume, para que te sintas Bike outra vez.



Falta ainda um dos elementos habituais, a minha cara metade Sónia, que vai na verdadeira missão de sacrificío de servir de carro de apoio...

Para ela fica reservado o primeiro sorriso quando atingir o objectivo!!!

1 comment:

HR said...

Boas amigo vejo que tens andado bastante aventureiro, é assim mesmo... para Fátima UPA, realmente é o que tu dizes cada um lá deverá ter as suas razões para abraçar esta herculea aventura quanto mais não seja podemos sempre agradecer o facto de termos saúde suficiente para abarcar nesta viagem e depois quando lá chegarmos católico ou não uma coisa te garanto vais sentir um sentimento estranho uma coisa que não se consegue explicar por palavras mas que se sente de uma forma que todas as dificuldades encontradas na viagem desaparecem.

Até sexta de madrugada.

Abraço